O Prêmio Laney Langaro 2018 é idealizado por Bebeto Azevedo, atual colunista do jornal em conjunto com Jornal Diário de Canoas – Jornal DC. Tem como objetivo premiar 10 (dez) personalidades que destacaram-se por ações de elevado grau de cidadania, envolvimento comunitário, filantropia, geração de emprego e renda, crescimento socioeconômico de Canoas e melhoria nas condições de vida dos cidadãos em qualquer tempo.
PREMIAÇÃO
Os mais votados em cada categoria do Prêmio Laney Langaro 2018, através da escolha popular, receberão como prêmio um troféu, além de terem suas indicações publicadas nas páginas e site do Jornal Diário de Canoas.

REGULAMENTO

O PRÊMIO LANEY LANGARO é realizado e organizado pelo Jornal Diário de Canoas, em conjunto com seu colunista social Bebeto Azevedo, e tem como objetivo premiar 10 (dez) pessoas que destacaram-se por ações de elevado grau de cidadania, envolvimento comunitário, filantropia, geração de emprego/renda, crescimento econômico, melhoria nas condições de vida dos cidadãos, desenvolvimento e de assuntos de Canoas, sendo uma de cada nas categorias abaixo. • Cultura – Trabalhos em diferentes áreas da cultura (cinema, teatro, artes visuais, música, dança), e obras com iniciativas que promovam a cultura. • Comércio – Pessoa que se destaca no desenvolvimento de empreendimentos voltados ao setor comércio. • Educação – Profissional que tenha se destacado por atividades ou métodos de ensino desenvolvidos para complementar a educação de crianças e adolescentes, ou práticas pedagógicas inovadoras. Empresário –Pessoa que se destaca no desenvolvimento de empreendimentos do setor empresarial. • Esportes – Pessoa que tenha se destacado na prática esportiva ou no desenvolvimento esportivo da cidade. • Jovem Empresário - Reconhecimento ao jovem empresário que, desde muito cedo, assumiu a responsabilidade de gerir pessoas, empresas e recursos contribuindo decisivamente para o crescimento da sua atividade. • Responsabilidade Social - Pessoa que se dedica ao trabalho social junto a diferentes públicos (crianças, idosos, comunidades carentes, geração de renda, economia solidária).. • Saúde – Iniciativas e práticas de saúde nas esferas pública e privada, e também iniciativas voluntárias ligadas à área. • Serviços – Pessoa que se destaca no desenvolvimento de empreendimentos relacionados a serviço. • Homenagem Especial - Homenagem a ser conferida àquela pessoa que se destacou por sua atuação e seu trabalho na vida do colunista Laney Langaro. Participam do presente prêmio apenas as pessoas indicadas pelo Diário de Canoas através da redação do Jornal DC e colunista social Bebeto Azevedo que aceitaram participar nos termos deste Regulamento. Após aceitarem, os nomes dos candidatos indicados são apresentados no site www.diariodecanoas.com.br/premiolaneylangaro e, através de votação popular, os internautas indicam os nomes de seus favoritos do dia 02 de outubro a 28 de outubro de 2018. O voto virtual será exercido como forma de resposta ao seguinte questionamento: “Na sua opinião, quem é a pessoa – em cada uma das categorias apresentadas - que merece receber o ”PRÊMIO LANEY LANGARO?” Será permitido a cada pessoa apenas um voto em cada uma das categorias, no decorrer do período destinado para a votação, através do número de seu CPF e de confirmação por e-mail. As indicações, pré-seleção, votação virtual e eleição dos vencedores serão mantidas em sigilo para que o público não tenha acesso aos nomes/dados dos indicados, tampouco a qualquer tipo de resultado parcial do Prêmio. Serão considerados vencedores do ”PRÊMIO LANEY LANGARO” os mais votados em cada uma das categorias. A entrega do ”PRÊMIO LANEY LANGARO” será realizada em evento, em dia, horário e local a ser definido e previamente divulgado, onde os vencedores de cada categoria receberão um troféu. Das indicações, das pré-seleções, das votações e das análises e decisões do Comitê do Grupo Sinos não caberá, sob nenhuma hipótese, razão ou circunstância, qualquer espécie de recurso. A participação no presente PRÊMIO, tanto pelos leitores/internautas quanto pelas pessoas indicadas, implica na inequívoca, irretratável e irrevogável aceitação do Regulamento. O Jornal Diário de Canoas, de forma soberana, detém o direito de encerrar e/ou modificar pontos específicos do presente PRÊMIO em caso de fraude, dificuldade operacional ou qualquer outro fator que possa comprometer a integridade e licitude desse Prêmio. De acordo com decisão soberana do Comitê do Grupo Sinos, o participante (pessoa indicada), cuja participação infrinja de forma direta ou indireta a legislação vigente e/ou a moral e os bons costumes, poderá ser imediatamente excluído do PRÊMIO. Os participantes (leitores, internautas e pessoas que foram indicadas no presente PRÊMIO) serão integral e irrestritamente responsáveis pela veracidade das informações prestadas ao Jornal Diário de Canoas, eximindo o mesmo, desde já, de qualquer hipótese de responsabilização judicial, extra-judicial. Ao aceitar participar neste PRÊMIO (indicados pré-selecionados), automaticamente, tais participantes se responsabilizam e autorizam de pleno direito o uso gratuito de todos os dados fornecidos, materiais disponibilizados e eventuais depoimentos para matérias jornalísticas, inclusive seus nomes completos e imagens em fotos, matérias jornalísticas, cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas em qualquer tipo de mídia e peças promocionais da divulgação da conquista do prêmio, ou qualquer outra finalidade, ainda que comercial sem nenhum ônus ao Jornal Diário de Canoas, a qualquer empresa integrante do Grupo Editorial Sinos ou ainda, eventual parceira comercial destas. Não poderão participar desse PRÊMIO os funcionários das empresas integrantes do Grupo Editorial Sinos, patrocinadores, apoiadores e pessoas que estejam atuando na política. Fica eleito o Foro da Comarca de Canoas, Rio Grande do Sul, com exclusão de qualquer outro, por mais privilegiado que seja, para toda e qualquer questão oriunda do presente Regulamento.
[Exibir mais]
;

EDIÇÕES ANTERIORES

VENCEDORES EDIÇÃO 2017

Foto Octávio José Longhi
Octávio José Longhi
Professor Octávio José Longhi, fundador do Coral de Canoas, há cinqüenta anos levando a cultura musical para os canoenses e países vizinhos. Participou e organizou diversos Festivais de Coros em muitas cidades gaúchas.
Foto Miriam Rosa Moschetta
Miriam Rosa Moschetta
Miriam Rosa Moschetta é farmacêutica formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 1992, pós graduada em Homeopatia pelo IBEHE – Centro de Ensino Superior de Homeopatia e FACIS – Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo em 2001, sócia das Farmácias de manipulação Rosa Moschetta em Canoas – RS.
Foto Paulo Fossatti
Paulo Fossatti
Reitor da UNILASALLE. Doutor em Educação; Mestre em Psicologia; Especialista em Gestão Escolar; Graduado em Filosofia e em Psicologia. Sob sua gestão Transformou a Unilasalle em Universidade; Internacionalizou a Instituição e a modernizou a exemplo da parceria com a Google For Education, maior empresa de tecnologia do planeta. Aprovou a Unilasalle EAD para todo o Brasil a partir de 2018.
Foto Mario Viezzer
Mario Viezzer
Formado em Gestão de Supermercados pela Universidade Luterana do Brasil - ULBRA, em Canoas/RS em agosto 2007. Nascido em Caxias do Sul veio para Canoas em 1979, iniciando sua trajetória empresarial com uma padaria e minimercado. Hoje é Diretor Presidente do Supermercado Viezzer desde 1986 Diretor Presidente da Construtora Mase desde 2002 Diretor e sócio fundador da Rede Unisuper desde 2.000 Vice Presidente do Sindicato de Gêneros Alimentícios –Sindigêneros de Canoas exercícios 2015 a 2018 Presidente da Redecen (Central de redes de Supermercados do Rio Grande do Sul exercícios 2015 a 2018 Conselheiro na Coopersindi ( Fecomércio) Conselheiro na câmera de Generos Alimenticios (Fecomercio) Membro do Lions Clube Canoas Centro Casado, pai de 3 filhos e avô do Caio.
Foto Tauro Susin Bonorino
Tauro Susin Bonorino
Graduado em Educação Física. Atleta da Ulbra, onde foi octacampeão Gaúcho e por duas vezes integrou a 3ª melhor equipe de Atletismo do País. Além de compor o grupo em outras conquistas dentro e fora do país. Como atleta foi Campeão Brasileiro e Sul Americano Universitário, Campeão Gaúcho adulto, medalha de Bronze no Troféu Brasil de Atletismo. Em corridas de rua e provas de pista são mais de 150 vitórias e 400 pódios. TOP 5 Brasil – Premiação concedida pela Federação Atlética Rio Grandense. Prêmio “Destaque Esportivo – Modalidade individual” da Cidade de Canoas em 2014. Entre os anos de 2013 e 2016 foi coordenador da Equipe de Corrida da Prefeitura Municipal de Canoas. Coordenador da Equipe de Corrida Tauro Bonorino. Colunista e consultor de dois dos principais canais de corrida do país.
Foto Mariana Machado Geisel
Mariana Machado Geisel
Graduada em Enfermagem e Mestre em Enfermagem Especializada ambos pela Universidade de São Paulo (USP). Pós-graduada em Saúde Estética. MBA em Marketing de serviços. Empresária do ramo estético, sócia-proprietária de duas clínicas em Canoas e Novo Hamburgo.
Foto Sônia Bagatini
Sônia Bagatini
Psicóloga Clínica e Organizacional , 53 anos. Desde estudante universitária se preocupou com as crianças que necessitavam serem retiradas de suas famílias e de suas comunidades por serem vítimas de violência doméstica ou intra-familiar, buscando na psicologia as melhores formas de amenizar os traumas através do cuidado e atenção do adulto que as acolhe na instituição. Cuidado que deve respeitar as necessidades da primeira infância. E assim, retirar o estigma de serem “vítimas” para desenvolver seus potenciais e projetar um futuro saudável e feliz para aquelas crianças. Esta preocupação se tornou o tema da sua pesquisa no Trabalho de conclusão de Curso e se transformou em realidade com a implantação da SOS- Casas de Acolhida em Canoas no ano de 1993. Graduação: Psicologia (UNISINOS-RS) Pós- graduação: Especialização em Diagnóstico Psicológica (PUC-RS) Especialização em Intervenção na Violência doméstica contra a Criança e o Adolescente (USP-SP) Atual supervisora técnica e administrativa das Unidades de Acolhimento Institucional da SOS- Casas de Acolhida, uma organização da sociedade civil (OSC) que mantém programa de proteção especial às crianças e adolescentes que foram vítimas de violência doméstica desde 1993 em Canoas. -Idealizadora do projeto de Acolhimento de crianças vítimas de violência doméstica em Canoas. -Projeto foi acolhido pelas Aldeias SOS do Brasil em 1992, da qual passou a fazer parte do quadro funcional coordenando a implementação deste projeto que vinha de encontro com o objetivo desta instituição ao receber a doação do espaço físico em Canoas. Em 1993 foi inaugurada a Unidade de Canoas sendo pioneira em abrigagem, como era classificada na época, porque sua estrutura e funcionamento respeitavam as diretrizes do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA que foi promulgado em 1990) -Foi presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Canoas /2002 e em duas gestões foi Coordenadora do Fórum Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente-Fórum das Entidades Não Governamentais de Canoas (2000 e 2004). Em 2005 assumiu a coordenação do Curso Superior de Graduação Tecnológica em Proteção da Criança e do Adolescente da Universidade Luterana do Brasil-ULBRA/Canoas e professora das disciplinas de Reordenamento de Práticas Sociais individuais e Coletivas, Análise de Práticas Sociais, Psicologia da Adolescência, Processos Sociais de Violência e Vulnerabilidade, Articulação em Redes Sociais. Atualmente é professora na mesma Universidade das disciplinas de Comportamento Humano nas Organizações, Psicologia Social, Desenvolvimento de Pessoas e Administração no Terceiro Setor. Na pós-graduação as disciplinas de Ética e Responsabilidade Social, Gestão e Desenvolvimento de Pessoas e Gestão Hospitalar e de Equipes.
Foto Antônio Balestrin
Antônio Balestrin
O Dr. Antonio Balestrin é especializado em Ortopedia e Traumatologia do Esporte, com mais de 24 anos de atuação na área cirúrgica. Mais de 14.000 procedimentos cirúrgicos já foram realizados na sua especialidade que é a cirurgia de joelho e ombro. Sua área de atuação na Traumatologia do Esporte foi fortemente influenciada pelo seu histórico de atleta profissional do Futsal na década de 80. Formado em Medicina em Porto Alegre na Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre (FFFCMPA - Santa Casa de Misericórdia) em 1989, conjugou parte da faculdade e seus plantões com treinamentos de alto rendimento, sendo convocado para Seleção Gaúcha Futsal em 1986.Jogou em times como Internacional, Grêmio e profissionalmente no Navegantes de Jaguarão (na época campeão estadual). A Partir de 1990 com dedicação exclusiva na Ortopedia e Traumatologia, fez Residência Médica na Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, onde, juntamente com Dr. Ivo Schmidt, foi um dos pioneiros na cirurgia de Videoartroscopia, nesta Instituição.Também em 1993 fundou a Clínica de Ortopedia e Traumatologia COT em Canoas. Foi Professor do IPA, para a Faculdade de Fisioterapia nos anos de 1995- 1997, ministrando a cadeira de Órteses e Próteses. Em 1997 iniciou trabalhos junto ao Futsal profissional da ULBRA, comandando o Departamento Médico. Foi em 1999 Campeão Mundial Intercontinental FIFA de Futsal em Moscou. A partir de 2000, liderou até 2005, todo o Departamento médico do Sport Clube ULBRA , com mais de 400 atletas de alto rendimento.Sempre ligado ao esporte foi fundador do COJATE- Comite de Cirurgia do joelho, Artroscopia e Traumatologia Desportiva da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia- RS. Presidiu por diversas vezes os Comitês de Ombro, Joelho e Traumatologia do Esporte da SBOT-RS. Atualmente, foi eleito para Diretoria Científica da SBOT-RS . Atua como ortopedista do Instituto Gaúcho de Tênis- IGT, voltado ao alto rendimento de atletas promissores. É Coordenador do Instituto de Traumatologia do Hospital Mãe de Deus, com mais de sessenta ortopedistas , sendo responsável pela área cirúrgica e Chefe do Grupo de Ombro.
Foto Valdeci Antunes dos Santos
Valdeci Antunes dos Santos
Tenente-Coronel do Quadro de Oficiais de Estado-Maior, da Brigada Militar; atual Comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar (15º BPM). Formação Militar: Curso de Formação de Sargentos; Curso de Formação de Oficiais; Curso de Especialização em Polícia Ambiental; Curso de Multiplicadores da Filosofia de Polícia Comunitária; Curso Avançado de Administração Policial Militar; e Curso de Especialização em Políticas e Gestão de Segurança Pública. Formação Acadêmica: Bacharel em Direito; e Curso de Preparação à Magistratura. Condecorações: Medalha de Serviço Policial Militar - Categorias Bronze, Prata e Ouro; Medalha Serviços Distintos; Medalha Mérito General Osório - Câmara de Vereadores de Osório/RS; Medalha Mérito de Operações Policiais Especiais da Brigada Militar. Principais Funções Desempenhadas: Secretário, Comandante de Pelotão Destacado, Subcomandante do 1º Batalhão de Operações Especiais; e Comandante do 8º e do 11º Batalhões de Polícia Militar, Osório e Porto Alegre, respectivamente.
Foto Ione Machado Leite
Ione Machado Leite
Ione Machado Leite nasceu em Uruguaiana em 23 de agosto de 1937, onde conheceu Vilmar, seu marido já falecido. Tiveram seis filhos, Marione, Rita, Ubirajara, Marco, Rosane e Eliane, 10 netos e 4 bisnetos. Mudou-se para Canoas no ano de 1977, em função das filhas Marione e Rita que vieram estudar Jornalismo e Arquitetura respectivamente. Tem uma longa história no trabalho voluntário, desde que residia em Uruguaiana, onde atuou em clubes de mães, ministrando e participando de cursos de formação. Em Canoas, participa da pastoral Legião de Maria da Igreja São Luís Gonzaga, fazendo trabalho voluntário junto a asilos e hospitais. Ainda aos 80 anos visita os pacientes da Santa Thecla semanalmente, parte de suas responsabilidades na pastoral.

VENCEDORES EDIÇÃO 2016

Foto Ivone Melânia Frare
Ivone Melânia Frare
Professora, graduada em Pedagogia com especialização em Metodologia do Ensino Superior. Possui no currículo uma extensa trajetória cultural, desenvolvida no município, ao longo de sua vida profissional. Idealizadora dos eventos da Semana Farroupilha no Parque Eduardo Gomes. Atua como Mestre de Cerimônias em eventos de relevância do município. Coordena o Projeto Cultura no Qoppa de eventos ligados às artes, em geral.
Foto Ana Agazzi Trindade
Ana Agazzi Trindade
Natural de Erechim, desde 1976 mora em Canoas. É casada com João Luiz Trindade e tem três filhos: Gustavo, Leonardo e Natália e uma neta que é seu orgulho Helena. Trabalhou durante seis anos na Casa Masson. Em 1982, teve seu negócio próprio no Conjunto Comercial Canoas durante dez anos (a loja Bronson), depois passou a se chamar Salvo Conduto. Trabalho e família, é um lema. Gosta do contato com os clientes que se tornam amigos. Fez desfiles beneficentes em parceria com Apae e Liga Feminina de combate ao câncer.
Foto Neuza Martins Rufatto
Neuza Martins Rufatto
Professora do Município de Canoas há 29 anos e diretora da EMEF JACOB LONGONI há 19 anos. Desenvolve seu trabalho com amor e comprometimento por uma educação de qualidade.
Foto Albino Pansera
Albino Pansera
Empreendedor vitorioso no ramo de seguros que criou raízes em Canoas. Sua atuação empresarial, ao lado dos filhos, ultrapassou fronteiras, sendo a Pansera Corretora de Seguros reconhecida nacionalmente. Líder comunitário, participou de várias ações, realizações, conselhos de nosso município, como a fundação do Rotary Industrial, Consepro, construção da sede da CICS, Albergue Municipal entre outros.
Foto Douglas Potrich
Douglas Potrich
Formado em Ed.Física e Fisioterapia. Foi atleta da Caju, Judocan, Sogipa, Sport Club Ulbra e Kiai Associação Canoense de Judô. Principais títulos como atleta: Campeão Brasileiro dos Jogos Abertos, medalhista em diversos campeonatos brasileiro nas classes juvenil, junior e sênior, como atleta da seleção gaúcha. Técnico da seleção gaúcha de judô entre 2007 e 2012 em diversas classes de idade. Técnico da seleção brasileira de base sub-18 masculino de 2013 até os dias de hoje. Faixa preta de judô desde 1994 e faixa preta de jiu-jitsu desde 2012. Proprietário da academia Cejuc, responsável técnico da Kiai Associação Canoense de Judô, Coordenador do programa atleta cidadão do futuro no judô e jiu-jitsu, em parceria com a PMC.
Foto Andrea Neumann
Andrea Neumann
Nasceu em Canoas no dia 25 de março 1970, é diretora das Óticas Vênus. Mãe da Victória(16 anos), Giorgia(13 anos) e Lucas(11 anos). Casada com Marco Parisi, é formada em Ótica pelo Senac/Poa e graduada em Optimetria pela ULBRA/Canoas. Foi vice-presidente da Ajorsul entidade que representa o ramo de jóias, relógios e Ótica do RS. Hoje dirige as 11 Lojas das Óticas Vênus junto com suas irmãs Ellen e Camila e também ao lado dos seus pais Denério e Marilene Neumann.
Foto Ivone Santos
Ivone Santos
Nascida no bairro Tristeza, em Porto Alegre, tem 77 anos e, há mais de 35, trabalha na recuperação de dependentes químicos. É Fundadora do Desafio Jovem de Canoas, cidade que adotou em 1941. Foi partindo para a ação depois que descobriu um de seus filhos no mundo das drogas. A partir daí, resolveu ajudar outras famílias. A entidade, que hoje em dia funciona em uma chácara no bairro São Luiz, auxiliou cerca de 3 mil pessoas.
Foto Arlei Fernandes Fortes
Arlei Fernandes Fortes
Médico desde 1968, pós-graduado em pediatria, presidente do conselho de segurança alimentar e nutricional de Canoas (representando Lions Canoas Centro), conselheiro de saúde de Canoas (representando a sociedade medica de Canoas), membro do Conselho Deliberativo do Hospital Nossa Senhora das Graças em Canoas.
Foto Oto Eduardo Rosa Amorim
Oto Eduardo Rosa Amorim
Tenente-Coronel da Brigada Militar, é o comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar (15º BPM). Tem no currículo, desde comando em pelotões pelo Estado, quanto chefia em seções de Inteligência, tendo, inclusive, integrado a Força-Tarefa Combate ao Crime Organizado. Especializou-se em Polícia Comunitária e Judiciária, policiamento ostensivo e análise da Segurança Pública. Já recebeu medalhas, entre outras, por tempo de serviço de 10 e de 20 anos na Corporação e a Estrela de Reconhecimento Grau Bronze.
Foto Antônio Canabarro Tróis Filho
Antônio Canabarro Tróis Filho
Nasceu em São Francisco de Assis, em 27 de novembro de 1926. Reside em Canoas desde 1941. Cursou o Segundo Grau de Contabilidade e foi acadêmico na Faculdade de Letras La Salle, nos anos 1970. Como jornalista, colaborou nos jornais Correio de Canoas, Expressão, Gazeta de Notícias, O Gaúcho, Radar, Folha de Canoas e Diário de Canoas. Foi cofundador dos jornais O Momento (1955) e O Timoneiro (1966). Também foi redator e editor dos volumes 1 ao 4 da série História de Nossos Prefeitos, criada pela Fundação Cultural de Canoas, da qual foi um dos idealizadores e fundadores. Edita o suplemento Cadernos Canoenses há mais de 20 anos.